Índice Ibovespa tem avanço apesar de pesquisa eleitoral

O Ibovespa avançava na manhã desta sexta-feira, favorecido pelo cenário externo benigno, com agentes financeiros atentos a pesquisas eleitorais, em meio ao quadro ainda bastante incerto sobre a disputa presidencial brasileira.

Às 11:03, o principal índice de ações da B3 subia 0,91 por cento, a 75.363,77 pontos. O volume financeiro somava 1,3 bilhão de reais. Na semana, em meio à alternância de pregões positivos e negativos, o Ibovespa acumulava até a véspera queda de pouco mais de 2 por cento.

Na visão da equipe da consultoria de investimentos Lopes Filho, o mercado brasileiro acompanha por ora a tendência mais positiva das bolsas no exterior, "mas especulações sobre o cenário político podem tornar os investidores mais cautelosos".

Antes da divulgação de pesquisa Datafolha sobre intenções de votos prevista para o final desta sexta-feira, ocupa as atenções levantamento encomendado pela XP Investimentos, que manteve o panorama incerto quando à disputa.

Em nota a clientes, a equipe de análise política da XP afirmou que a principal aposta da casa hoje é um segundo turno entre os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Há também expectativa acerca da entrevista de Haddad ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesta noite.

No exterior, os principais índices acionários nos Estados Unidos abriram no azul com apostas positivas de que Washington e Pequim iniciem conversas sobre o comércio entre os dois países, bem como apoiados na alta de papéis de tecnologia. O norte-americano S&P 500 subia 0,06 por cento. (da agência Reuters)

Comentários
Sem comentários ainda. Seja o primeiro.