SulAmérica faz mudanças em estrutura e na alta cúpula

O ano começou com mudanças na seguradora SulAmérica, focada no segmento de saúde. Duas diretorias, de tecnologia e inovação e administrativo, capital humano e sustentabilidade, ganharam status de vice-presidências.

      Com a mudança, o vice-presidente de marketing e estratégia, Carlos Alberto Trindade, deixa a companhia depois de sete anos para seguir carreira como conselheiro e montar uma plataforma digital de seguro de vida e previdência privada.

      As áreas de Trindade foram redistribuídas internamente. Marketing e comunicação institucional ficarão sob o comando de André Lauzana, enquanto estratégia e gestão de projetos passam para a área de Ricardo Botta.

Pano de fundo. Oficialmente, a seguradora justifica as mudanças como uma forma de investir melhor seus recursos internos e usar a tecnologia para facilitar processos.

      Não diz, porém, se a nova estrutura está alinhada ao possível enxugamento de algumas áreas de negócios com a venda de ativos, como vem especulando o mercado.

      Desde 2012, a seguradora promove ajustes em sua estrutura. Naquela época, uma mudança mais radical, dividindo a companhia em atacado e varejo, foi colocada na mesa. A proposta foi rechaçada e não avançou.

Dança das cadeiras. Com as alterações anunciadas neste ano, chegam à alta cúpula da SulAmérica Cristiano Barbieri – que já estava na fila para subir e foi responsável pela transformação tecnológica da companhia, nas áreas de estratégia digital, inovação e TI.

      O mesmo ocorre com Patrícia Coimbra, que capitaneia assuntos ligados a capital humano, administrativo e sustentabilidade.

      Agora, o número de vice-presidências da SulAmérica subiu de oito para nove. Isto também trouxe de volta uma representante feminina para a cúpula da seguradora. (de O Estado de S. Paulo)
Comentários
Sem comentários ainda. Seja o primeiro.